Como é um efetivo processo de sucessão?


Uma das maiores preocupações do mundo empresarial refere-se à sucessão em cargos de liderança. Isso ocorre pois o risco de um processo de sucessão empresarial acabar em desastre é grande, principalmente no caso de empresas familiares, quando não há o acompanhamento de um profissional especializado.

Ao surgir a necessidade de troca de comando, seja ela por aposentadoria do fundador ou promoção do líder, a empresa entra num processo de transição. Esse período pode ou não ser problemático, depende da forma como a sucessão é conduzida e da conscientização de que a mudança de gestão é necessária.

O processo de sucessão inicia muito antes de realmente ocorrer. Começa quando há a presença do fundador, porém é importante que a sucessão futura atue na empresa. Esse tempo inicial é necessário para que o herdeiro se prepare tecnicamente e emocionalmente.

Os principais problemas decorrentes de uma sucessão empresarial deve-se ao fato de que não há um planejamento, tampouco o desenvolvimento e a preparação dos sucessores. “Planejar a sucessão de uma empresa familiar é a busca da garantia da continuidade do negócio”, Letícia Vargas, psicóloga da A3P.

Conforme a especialista, o planejamento propõe à escolha e preparação adequada dos sucessores, a realização de um plano de desligamento gradual do fundador e a conscientização familiar da importância na participação do processo. Após o planejamento, ainda é necessário reconhecer as competências que precisam ser trabalhadas nos sucessores.

Para a sucessão ser eficaz é preciso compreensão de que um líder não nasce preparado e para formá-lo é preciso um trabalho de longo prazo. Da mesma forma, o fundador da empresa, deve entender que nem todos possuem as suas características e que as mesmas precisam ser desenvolvidas no sucessor.

Além disso, é importante ter um plano pós-transição. É comum ouvirmos de profissionais que vão se desligar da empresa que eles não tem um plano, que querem apenas descansar. Porém, por serem pessoas ativas, ao “descansar” podem ser sentirem inúteis.

Ou seja, os processos sucessórios envolvem a família, a administração e a propriedade. Quando elaborado com eficácia o processo possibilita a perpetuação da organização.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

© 2016 by agenciaplanob.com